Piauí

Médicos de hospitais estaduais vão paralisar nesta segunda-feira

A paralisação é uma forma de tentar pressionar o Governo para efetuar o reajuste salarial para a categoria.
MARCOS CUNHA
01/04/2017 12h34 - atualizado

Os médicos do sistema estadual de Saúde decidiram fazer uma paralisação de advertência nesta segunda-feira (03), em protesto ao acordo de reajuste salarial não cumprido pelo Governo do Piauí, segundo a categoria. Por conta disso, o atendimento nos hospitais públicos a nível estadual fica suspenso, exceto os casos de urgência e emergência.

  • Foto: DivulgaçãoRepresentantes do Sindicato dos Médicos do PiauíRepresentantes do Sindicato dos Médicos do Piauí

Segundo o Sindicato dos Médicos (Simepi), a decisão foi tomada em uma Assembleia Geral realizada no dia 30 de março.

“O Governo do Estado do Piauí se nega a cumprir acordos realizados desde junho de 2015 sobre o reajuste salarial da categoria e em recente encontro realizado com o Secretário de Administração do Estado, Franzé Silva, o mesmo que participou de todas as reuniões, assumiu que essa tarefa era de total responsabilidade do Governador Wellington Dias”, informou a nota do Simepi.