Geral

Meta da inflação cai pela primeira vez após aumento da gasolina

Os dados são do Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (28) pelo Banco Central. A expectativa para o ano de 2018 se mantém estável.
GABRIEL SOARES
28/08/2017 11h53

A projeção da inflação reduziu depois de subir cinco semanas seguidas. O Índice Nacional ao Consumidor Amplo foi registrado em 3,45%, contra os 3,51% registrados na semana anteriores, resultando em uma queda de 0,6 % no índice.

Os dados são do Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (28) pelo Banco Central. A expectativa para o ano de 2018 se mantém estável, registrando novamente 4,20%.

  • Foto: Divulgação/Agência BrasilProjeção para a Inflação reduz para 3,45%.Projeção para a Inflação reduz para 3,45%.

O IPCA chegou a retrair 0,17% durante quatro semanas, chegando ao valor mais baixo deste ano, 3,29%. Depois do aumento das alíquotas do PIS/Confins sobre os combustíveis, a expectativa do mercado mudou e o índice registrou um aumento de 0,22% durante os últimos cinco levantamentos do Focus.

Essa redução é a primeira desde o aumento do preço dos combustíveis. O índice permanece abaixo da meta da inflação brasileira, de 4,5%, e do teto de 6%.

Taxa de Juros

Embora a Taxa Selic tenha se mantido no mesmo valor da semana passada (9,91%), as projeções futuras para os juros na economia brasileira caíram. Para o fim de 2017, a expectativa do mercado é de 7,25%, contra os 7,5% da última semana. Em 2018, o mercado espera um índice de 7,25%.