Política

Ministro da Cultura envia carta a Temer pedindo demissão

A iniciativa de João Batista antecede uma decisão do governo de substituí-lo.
MARCOS CUNHA
16/06/2017 14h24

Nesta sexta-feira (16), o ministro interino da Cultura João Batista de Andrade (PPS), enviou uma carta ao presidente Michel Temer, pedindo demissão do cargo. Andrade respondia pelo ministério desde maio, quando o então ministro Roberto Freire também pediu demissão após Temer ser acusado nas delações da JBS.

Em sua justificativa, Andrade afirmou não ter interesse em ser efetivado no cargo. Na carta, ele diz a Temer que vai contribuir no processo de transição do trabalho. Antes de assumir o ministério, ele era secretário-executivo de Freire.

Filiado ao PPS, João Batista é escritor, roteirista e cineasta. Antes do ministério, foi nomeado secretário de Cultura do Estado de São Paulo em 2005 e, entre 2012 e 2016, exerceu a função de presidente da Fundação Memorial da América Latina (SP).

Segundo informação publicada no Estadão, Temer iria tirar a vaga do PPS em retaliação ao fato de Freire ter cobrado a renúncia do presidente Temer e se demitido depois da crise gerada pela delação de Batista. O presidente Temer responde a inquérito por corrupção, obstrução à Justiça e organização criminosa.

Leia a carta:

  • Foto: ReproduçãoMinistro de Temer pede demissão através de cartaMinistro de Temer pede demissão através de carta

Mais conteúdo sobre: