Geral

Ministro da Saúde libera vacina da gripe para toda a população

A vacina protege contra os três sorotipos do vírus da gripe (H1N1, H3N2 e Influenza B)
VITOR FERNANDES
02/06/2017 18h29 - atualizado

O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, liberou a vacina que protege contra os três sorotipos do vírus da gripe (H1N1, H3N2 e Influenza B) para toda a população, a partir de segunda-feira (05), e não mais somente aos grupos prioritários, como estava previsto. A informação foi dada nesta sexta-feira, no Maringá, no norte do Paraná.

  • A campanha de vacinação segue até a próxima sexta-feira (09), onde serão aplicadas as 10 milhões de doses de vacina restantes contra a gripe em todo o Brasil. O período de vacinação estava previsto para acabar no dia 26 de maio. Ricardo Barros afirmou que não haverá mais prorrogação do prazo.

Amapá, Paraná e Santa Catarina se destacam como estados com maior cobertura vacinal. Já com menor cobertura são os estados de Roraima, Rio de Janeiro e Pará.

A meta é alcançar 90% das 54,2 milhões de pessoas incluídas no público-alvo, mas até o mês passado, menos de 70% haviam recebido a dose.

Os idosos são os melhores vacinados dentre os grupos que podem tomar a vacina através do Sistema Único de Saúde (SUS), seguidos das mulheres que tiveram bebê recentemente e dos indígenas.

As crianças são as menos vacinadas, seguidas das gestantes e trabalhadores de saúde. Os professores da rede pública e privada, que foram incluídos também dentro do grupo para vacinação, tiveram o percentual de 60,2% entre eles.

Mais conteúdo sobre: