Piauí

Monitoramento de queimadas e incêndios será feito diariamente

O monitoramento será realizado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente.
JOSEFA GEOVANA
13/09/2017 18h37 - atualizado

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Semar) irá monitorar diariamente de forma intensificada os indícios de queimadas no Piauí. O trabalho será feito com o objetivo de realizar todos os dias a indicação de focos de calor no estado, e permitirá o acompanhamento a respeito de dados meteorológicos dos municípios mais afetados pelas ondas de calor, que já somam 10.

O monitoramento apresenta a detecção de incêndios florestais e de focos por meio de satélites, e também a previsão e cálculo do risco de fogo na vegetação.

Carlos Moura Fé, superintendente do Meio Ambiente da Semar, explicou que as informações serão coletadas através de um instituto que realiza a pesquisa. “Esses dados são fornecidos pelo INPE - Instituto Nacional de pesquisas espaciais, através do BDQueimadas. A Semar tem o compromisso de divulgar essa informações, diariamente, para a imprensa e interessados. Desta forma, estaremos apresentando as situações de riscos, baseado no monitoramento do INPE, durante esse período mais crítico de surgimento de focos de incêndios e queimadas”, relatou.

Para realizar denúncias a respeito de queimadas e incêndios basta entrar em contato com o Corpo de Bombeiros, Ibama, Secretaria Estadual do Meio Ambiente, e Instituto Florestal.

Mais conteúdo sobre: