Piauí

MP constata funcionamento precário de matadouro em Avelino Lopes

O local é precário sem nenhuma higiene e cheio de lixo ao redor.
JOSEFA GEOVANA
09/09/2017 18h09 - atualizado

Uma vistoria realizada pelo Ministério Público do Piauí em um matadouro clandestino da cidade de Avelino Lopes, constatou que o lugar funciona de forma precária e sem nenhuma higiene, desobedecendo regras sanitárias e nutricionais.

  • Foto: Ministério PúblicoMatadouro clandestino em Avelino Lopes.Matadouro clandestino em Avelino Lopes.

Os animais são abatidos dentro de um galpão empoeirado e aberto, sem forro no teto, com paredes sujas, sem azulejos, e de piso não impermeabilizado corretamente, o que é considerado impróprio. O local não possui nem mesmo mesas e recipientes adequados para o manipulação e depósito da carne. Lixo, restos de carne e material impróprio para o consumo são jogados pelos funcionários dentro de um buraco próximo ao galpão e acabam atraindo animais e insetos.

  • Foto: Ministério PúblicoMatadouro clandestino em Avelino Lopes.

Um Inquérito Civil Público foi instaurado para apurar o funcionamento do matadouro clandestino, e a comercialização da carne no município de Avelino Lopes.

Foi cobrado do prefeito da cidade, Dióstenes José, a licença de funcionamento da Secretaria de Estado do Meio Ambiete (Semar), e a Agência de Defesa Agropecuária (Adapi) foi cobrada sobre as medidas adotadas para impedir o funcionamento ilegal desses estabelecimentos.