Piauí

MP elabora plano de prevenção e combate a queimadas em Teresina

Será realizada uma audiência no dia primeiro de setembro para dar continuidade ao trabalho.
VITOR FERNANDES
17/08/2017 08h01 - atualizado

A 30ª Promotoria de Justiça de Teresina e o Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente (CAOMA) realizaram audiência nesta terça-feira(15) para discutir e elaborar o Plano de Prevenção e Combate à Queimadas e Incêndios na capital, com a participação de vários órgãos.

Foram apresentadas ações em andamento dentro da esfera de atribuições de cada uma das instituições.

  • Foto: Douglas Júnior/O EstadoMP-PI elabora plano de prevenção e combate a queimadas em Teresina.MP-PI elabora plano de prevenção e combate a queimadas em Teresina.

Os órgão participante foram a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), Batalhão de Policiamento Ambiental, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDU’s) e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh).  

Será realizada uma audiência no dia 01 de setembro para dar continuidade ao trabalho. Também foi determinada a elaboração de Plano de Ação de Combate, no prazo de 15 dias, por parte de cada uma dos órgãos. O material será compilado em um Plano Geral de Atuação para prevenção e combate às queimadas em Teresina. 

De acordo com a assessoria de comunicação do Ministério Público do Piauí, foram criadas três brigadas no sul do Estado, nos municípios de Uruçuí, Ribeiro Gonçalves e Baixa Grande. No total, são 39 brigadistas, com 3 veículos, 5 motocicletas, além de equipamentos de combate e EPIs.