Geral

MP investiga nepotismo em Eliseu Martins e Colônia do Gurguéia

O promotor José William Pereira Luz, da Promotoria de Justiça de Manoel Emídio, foi quem determinou a fiscalização no dois municípios.
RAYANE TRAJANO
27/03/2017 15h24 - atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí instaurou processo administrativo para investigar prática de nepotismo (nomeação de familiares) no município de Eliseu Martins, que tem como prefeito Dr. Marcos (PSD) e no município de Colônia do Gurguéia, que tem como prefeita Doquinha (PT).

O promotor José William Pereira Luz, da Promotoria de Justiça de Manoel Emídio, foi quem determinou a fiscalização no dois municípios. Considerando que “há a necessidade de se verificar se os Municípios de Eliseu Martins e Colônia do Gurguéia/PI estão respeitando a Súmula 13 do STF, quanto à proibição de nepotismo na ocupação de cargos comissionados, inclusive cargos políticos”.

Além da investigação, o promotor também expediu recomendação aos dois prefeitos para que comprovem a exoneração de servidores comissionados e detentores de cargos políticos (Secretários) que tenham relação de parentesco até o terceiro grau com o prefeito Dr. Marcos e com a prefeita Doquinha em seus respectivos municípios. A recomendação é do dia 20 de março e deve ser cumprida no prazo de 30 dias.