Piauí

MPF abre inquérito para investigar contrato irregular da UFPI

A Portaria n° 54 foi assinada pelo procurador da República Israel Gonçalves Santos Silva no dia 27 de março de 2017.
RAYANE TRAJANO
01/04/2017 18h01 - atualizado

O Ministério Público Federal abriu inquérito civil para investigar denúncia de irregularidade em contrato feito pela Universidade Federal do Piauí, no ano de 2014. A Portaria n° 54 é do dia 27 de março de 2017.

O inquérito aberto está baseado no procedimento preparatório que já tramita no órgão. A denúncia é de suposta irregularidade na celebração do contrato nº 94/2014 entre a UFPI e a empresa Lejan Indústria de Transformadores Ltda – ME, ocorrida em 18 de novembro de 2014, quando a empresa estava impedida de contratar com a Administração, conforme penalidade aplicada pela Companhia Energética do Piauí S/A.

  • Foto: Street ViewUniversidade Federal do PiauíUniversidade Federal do Piauí

Com o fim do prazo do procedimento, sem resolução, o procurador da República Israel Gonçalves Santos Silva, determinou a abertura do inquérito para dar prosseguimento à investigação sobre o caso.