Política

MPF denuncia Lula por corrupção passiva na Operação Zelotes

Os participantes do esquema de corrupção teriam prometido R$ 6 milhões para Lula custear campanhas eleitorais do PT.
VITOR FERNANDES
11/09/2017 15h44 - atualizado

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) denunciou o ex-presidente Lula por corrupção passiva na Operação Zelotes. A denúncia afirma que Lula editou uma medida provisória para favorecer o setor automotivo em troca de recebimento de propina. Também foi denunciado o então chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho.

  • Foto: Ricardo Stuckert/Instituto LulaEx-presidente Lula.Ex-presidente Lula.

As empresas beneficiadas teriam pagado a propina a intermediários, que ficaram encarregados de repassar o dinheiro para os agentes políticos. De acordo com o MPF, os participantes do esquema prometeram R$ 6 milhões para Lula e Carvalho. Esse dinheiro seria para custear campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores (PT).

"Diante de tal promessa, os agentes públicos, infringindo dever funcional, favoreceram às montadoras de veículo MMC e Caoa ao editarem, em celeridade e procedimento atípicos, a Medida Provisória n° 471, em 23/11/2009, exatamente nos termos encomendados", diz o MPF.

Mais conteúdo sobre: