Política

MPF investiga prefeita Lúcia Moura por dano aos cofres públicos

O inquérito foi aberto pelo procurador da República Patrick Áureo Emannuel da Silva Nilo, no dia 30 de maio de 2017.
RAYANE TRAJANO
06/06/2017 07h33

O Ministério Público Federal, por meio do procurador da República Patrick Áureo Emannuel da Silva Nilo, instaurou inquérito civil público no último dia 30 de maio, contra a prefeita de Colônia do Piauí, Lúcia de Fátima Barroso Moura de Abreu Sá (PP).

O procedimento vai investigar denúncia de que alguns médicos foram incluídos no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) como prestadores de serviço em Colônia do Piauí, através do Programa Saúde da Família, porém não efetivaram o trabalho.

  • Foto: AscomPrefeita de Colônia do Piauí, Lucia MouraPrefeita de Colônia do Piauí, Lucia Moura

O fato gerou um prejuízo ao Fundo Nacional de Saúde no valor de R$ 371.550,00 (trezentos e setenta e um mil, quinhentos e cinquenta reais) entre os exercícios financeiros de 2010 a 2012.

A suspeita foi comprovada durante auditoria realizada pelo Departamento de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus).

Outro lado

O Viagora tentou contato com a prefeita por telefone, mas não conseguiu. O espaço está aberto para esclarecimentos.