Piauí

MPT investiga prefeito Joel Rodrigues por explorar trabalho infantil

A investigação iniciou em 26 de setembro deste ano, após inspeção realizada pelo Ministério Público do Trabalho no município.
RAYANE TRAJANO
03/10/2017 12h01

O Ministério Público do Trabalho no Piauí está investigando supostas contratações de crianças e adolescentes para trabalhos de catação de lixo no município de Floriano, região do sul do estado. Os contratos teriam sido feitos pelo Poder Executivo, que tem como gestor o prefeito Joel Rodrigues (PP).

  • Foto: Facebook/Joel RodriguesPrefeito Joel RodriguesPrefeito Joel Rodrigues

A investigação iniciou após inspeção realizada pelo Ministério Público do Trabalho no município. No dia 26 de setembro, a procuradora Maria Elena Moreira Rêgo decidiu instaurar um inquérito civil sobre o caso.

Na portaria nº 484.2017, a procuradora do Trabalho determinou apuração dos fatos relacionados a exploração do trabalho da criança e do adolescente em trabalhos proibidos ou protegidos pela Legislação, que é o caso de catação de lixo.

Outro lado

O Viagora não conseguiu localizar o prefeito Joel Rodrigues para comentar o caso. O espaço está aberto para esclarecimentos.