Piauí

Municípios ainda poderão vacinar população mesmo com fim do prazo

Municípios poderão imunizar a população fora dos grupos prioritários.
VITOR FERNANDES
12/06/2017 18h00

Os municípios que ainda tiverem doses de vacina contra influenza em estoque que restou da Campanha Nacional de Vacinação encerrada dia 9 de junho poderão imunizar a população fora dos grupos prioritários. Nessa Campanha aproximadamente 569 mil pessoas se vacinaram, atingindo 81,32% do público vacinal.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, falou da autorização da Secretaria. “A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) está orientando os municípios que, a partir desta segunda-feira (12), as secretarias de saúde municipais poderão, dentro dos limites de estoque, vacinar qualquer cidadão, mesmo não sendo do público alvo”.

  • Foto: Divulgação/SesapiSecretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.Secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Florentino disse ainda, que a quantidade de vacina é limitada. “Vale ressaltar que a quantidade em estoque é insuficiente para atender toda a população, tendo em vista que a responsabilidade de fornecimento de doses da vacina é do Ministério da Saúde e nossa solicitação não foi atendida, e ele não enviará mais doses de vacina contra influenza”, explicou.

A Fundação Municipal de Teresina receberá cinco mil doses de vacina das 884.330 recebidas pelo estado vindo do Ministério da Saúde. Das mais de 800 mil doses, 35 mil ainda se encontram disponíveis na Rede de Frios do Estado.

As doses eram destinadas a indivíduos com 60 anos ou mais de idade, crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, professores das escolas públicas e privadas.

No Piauí, a maioria dos municípios estão com cobertura vacinal maior que 60% e menor que 90%.

Mais conteúdo sobre: