Geral

No Piauí 14 mil aposentados devem fazer revisão de benefícios

Caso não haja manifestação dos beneficiários em cinco dias da convocação, o benefício será suspenso. Em caso de suspensão, o segurado do INSS tem o prazo de 60 dias para agendar a perícia.
VITOR FERNANDES
28/08/2017 17h30 - atualizado

Os aposentados por invalidez com menos de 60 anos que estão com o benefício sem revisão há mais de dois anos estão sendo convocados pelo INSS desde a última sexta-feira (25) para passarem pela revisão dos benefícios. Os beneficiários devem receber as cartas de convocação em seus endereços. No Piauí, mais de 14 mil benefícios serão revisados.

Os segurados com mais de 60 anos que recebem aposentadorias por invalidez estão isentos da perícia e têm seus benefícios garantidos. Quem receber a carta de convocação deve ligar para o número 135, número do INSS, no prazo de cinco dias corridos, com exceção do domingo, e agendar a perícia, do contrário, ocorrerá a suspensão do benefício.

A previsão é de que as primeiras perícias médicas comecem em setembro, levando em conta os prazos de entrega das correspondências e de contato dos beneficiários pelo número 135 para a marcação do agendamento.

Em caso de suspensão, o segurado do INSS tem o prazo de 60 dias para agendar a perícia, e realizando esse procedimento, o benefício é novamente liberado. Após esse prazo, o benefício será cancelado caso não haja manifestação. As primeiras perícias médicas devem começar em setembro.