Piauí

Novas provas do concurso da PM do Piauí são feitas neste domingo

Primeira aplicação foi alvo de fraude e vazamento de questões. Cerca de mil homens da corporação ficam responsáveis pela segurança e fiscalização nos locais de prova em Teresina.
MARCOS CUNHA
09/07/2017 08h07

As novas provas do concurso da Polícia Militar do Piauí serão aplicadas na manhã deste domingo (09), após as fraudes e vazamento de questões registradas na primeira aplicação. O comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto, já garantiu que cerca de mil homens da corporação ficam responsáveis pela segurança e fiscalização nos locais de prova em Teresina.

  • Foto: Isabela de Meneses/ViagoraComandante-Geral da Polícia Militar Coronel Carlos AugustoComandante-Geral da Polícia Militar Coronel Carlos Augusto

O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), que é vinculado a Uespi, continua como organizador da prova, mas após os vazamentos de questões, antes mesmo da aplicação da prova anterior, ficou decidido que as novas provas seriam elaboradas e impressas fora do Piauí. A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) ficou responsável pela elaboração das novas provasdo certame.

Seguindo com o cronograma, os exames de saúde acontecerão entre os dias 14 e 18 de julho e os testes de aptidão física entre os dias 28 de agosto e primeiro de setembro. Já o exame psicológico será realizado dia 23 de setembro, seguido da investigação social que vai ser de 6 a 8 de novembro. O resultado final do certame está previsto pelos organizadores para ser divulgado no dia 22 de dezembro deste ano.

O Nucepe vai disponibilizar uma equipe médica com ambulância para ficar de plantão no domingo (09), para atendimento imediato em caso de algum problema. De acordo com o  Edital, para ingressar nos locais de provas o candidato deve estar munido apenas de seu documento de identificação original e de caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta. Equipamentos como capacetes, telefones celulares, bolsas, mochilas e outros semelhantes estão proibidos.

A verificação será realizada na entrada do Centro de Aplicação onde o candidato fará a prova e também na sala, com auxílio de detectores de metais e de rastreadores eletrônicos e o candidato que insistir em portar qualquer objeto ou equipamento proibido pelo edital será impedido de fazer a prova, conforme estabelecem as normas.