Geral

Número de inadimplentes em Teresina cai no mês de maio

Cerca de 53,5% das famílias da capital do Piauí relataram possuir dívidas diversas. No mês anterior o percentual foi de 54,2%.
ISABELA DE MENESES
23/05/2017 18h15 - atualizado

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor de Teresina (PEIC), realizada em maio deste ano, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços e Turismo (CNC), em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Piauí (Fecomercio-PI), aponta que existiu queda no número de devedores teresinenses em relação ao mês de abril.

Cerca de 53,5% das famílias da capital do Piauí relataram possuir dívidas diversas. No mês anterior o percentual foi de 54,2%. Em relação ao adimplentes deste mês, apenas 46,5% declararam não ter dívidas. Já os que se consideram pouco endividados representam 20%. O provável motivo da queda do endividamento é que os consumidores aproveitaram uma boa parte do dinheiro extra do FGTS de contas inativas para pagar contas atrasadas.

  • Foto: Divulgação/FecomercioPesquisa constata queda nos inadimplentes em TeresinaPesquisa constata queda nos inadimplentes em Teresina

A queda foi constatada principalmente entre os consumidores que ganham menos de 10 salários mínimos, o que que atinge o índice de 50,8% dos endividados.

Os consumidores que faturam mensalmente mais de 10 salários mínimos apresentaram maior endividado no mês de maio. Na pesquisa eles atingiram o percentual de 92,4% em virtude das compras do dia das mães que são produtos de maior valor e necessitam de créditos.