Piauí

Obra de R$ 7 milhões do Ginásio Verdão está finalizada

Para o construtor responsável pela obra de engenharia, Carlos Aguiar, disse que, praticamente foi feito um novo ginásio.
ISABELA DE MENESES
06/07/2017 17h59

A obra do Ginásio Verdão, com investimento total de R$ 7 milhões, em Teresina, está finalizada. O anúncio de conclusão foi feito nessa quarta-feira (05), pelo presidente da Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi), Paulo Martins, em visita ao local, acompanhado de presidentes de federações de diferentes modalidades esportivas do estado.

“A parte da obra [de engenharia], que custou mais de R$ 4 milhões, já está concluída, estamos na parte dos equipamentos. Viemos in loco vistoriar a parte de engenharia. Uma obra fantástica, muito bela. Vamos tratar com o governador uma data para inaugurar. Mas, para isso, precisa dos equipamentos”, disse o presidente da Fundespi, Paulo Martins.

  • Foto: FundespiVerdão após reformaVerdão após reforma

  • O presidente ainda completou explicando que parte dos equipamentos já está sendo instalado. “Já começamos a instalação das cortinas de vidro para proteger o torcedor. Vamos tratar de apressar com a empresa para que o local possa receber todas as modalidades, como basquete, handboll, voleibol e futsal, e que tenha condição de ter qualquer time do Brasil, como também shows artísticos”.

Para o responsável pela obra de engenharia, Carlos Aguiar, praticamente foi feito um novo ginásio. “Fizemos praticamente do zero. Ficou só o esqueleto do ginásio. Colocamos um teto novo e reformamos totalmente o prédio”, afirmou.

Já o mestre Álvaro Santos, da Federação de Taekwondo, disse que o Verdão de hoje está bem diferente do passado. “O que era antes e o que é hoje, está excelente. Você vem aqui e fica contente, realizado com o trabalho que eles fizeram”, comentou Álvaro.

O ginásio Verdão recebeu 5.480 mil assentos, o antigo fosso deu lugar a uma cortina de vidro que vai proteger a torcida. Os vestiários, alojamentos, refeitório, academia, sala das federações e bares foram todos restaurados.

Mais conteúdo sobre: