Política

Paes Landim defende que Forças Armadas fiscalizem crimes ambientais

O deputado reconhece que é uma proposta difícil de ser aceita pela bancada ruralista, mas que proteger a natureza é proteger o cidadão.
ISABELA DE MENESES
10/08/2017 18h28 - atualizado

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 588/02), em análise na Câmara, de autoria do deputado federal Paes Landim (PTB-PI) inclui a fiscalização do meio ambiente entre as atribuições das Forças Armadas.

Já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça, a proposta que prevê ações de defesa, preservação e recuperação do meio ambiente que também estejam sob a responsabilidade do Ministério da Defesa.

Segundo Paes Landim relatou a Agência Câmara, os órgãos civis que atuam no controle do meio ambiente já têm trabalhado com o apoio das Forças Armadas, mas ele considera necessária uma atribuição permanente.

  • Foto: Câmara dos deputadosDeputado Paes LandimDeputado Paes Landim

Paes Landim reconhece que é uma proposta difícil de ser aceita pela bancada ruralista, mas alega que proteger a natureza é proteger o cidadão.

"Com a vigilância da preservação ambiental, você vai diminuir desmatamento, diminuir degradação ambiental, vai dar mais seriedade à vida ambiental desse país. 'Deus perdoa os homens, mas a natureza não'. Quando você vê desastres, chuvas torrenciais, etc. Tudo é invasão da natureza. Sempre traz consequências sociais e humanitária também", disse o parlamentar.

Mais conteúdo sobre: