Piauí

Pais são contra discussão de ideologia de gênero no colégio CEV

A assessoria da escola informou que o tema da gincana da escola será mantido.
RAYANE TRAJANO
31/08/2017 14h58 - atualizado

A discussão sobre ideologia de gênero no colégio CEV, em Teresina, não agradou nada os pais dos alunos. O debate é parte da gincana anual da escola, que encerra no dia 07 de setembro deste ano.

Uma notificação extrajudicial foi elaborada, endereçada ao diretor pedagógico Nazareno Fonteles, informando o posicionamento contrário dos pais e responsáveis pelos estudantes.

A reação dos pais ocorreu depois que foram espalhados pela escola, na unidade localizada na Avenida Presidente Kennedy, cartazes com as cores do movimento LGBT. Uma das faixas, diz “sou bi, sou gay, sou lésbica, sou trans, sou igual a você”.

A entrada do prédio de aula infantil também foi decorada com vários guardas chuvas também multicoloridos, assim como o cartaz de divulgação da gincana, que também recebeu as cores do movimento. 

  • Foto: DivulgaçãoCartazes da gincana do colégio CEVCartazes da gincana do colégio CEV

“Não concordamos com a ideologia de gênero e não autorizamos, sem o nosso expresso consentimento, com respeito ao nosso direito legal na formação moral de nossos filhos, respeitando as suas fragilidades psicológicas e condição de pessoas em desenvolvimento, a apresentação destes temas relacionados aos comportamentos sexuais (homossexualismo, bissexualismo, transsexualismo, etc.)”, diz o trecho do documento.

A notificação está amparada pela Convenção Americana de Direitos Humanos (CADH), a qual a nação brasileira assinou. O artigo 12 item 4 descreve que “os pais, e quando for o caso os tutores, têm o direito a que seus filhos ou pupilos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com suas próprias convicções”.

Veja aqui o documento

Outro lado

O Viagora entrou em contato com o colégio CEV, na manhã desta quinta-feira (31). A assessoria de imprensa informou que o documento escrito não foi entregue à direção da escola. E que a equipe de coordenação conversou pessoalmente com cada pai e responsável que se opôs ao tema.

A assessoria disse ainda que a Gincana trata do respeito às diferenças e combate ao preconceito, seja racial, socioeconômico ou por gênero, assim, o tema da 5ª Gincana Cultural CEV "Sociedade – Igualdade de Direitos e Respeito às Diferenças" foi mantido.

Mais conteúdo sobre: