Piauí

Piauí atinge Safra Recorde na produção de soja em 2017

A área de produção cresceu cerca de 21% em relação a 2016.
GABRIEL SOARES
11/06/2017 09h54 - atualizado

A produção da soja no Piauí cresceu 226% em relação a 2016. Fatores com a modernização da tecnologia e a regularidade de chuvas no cerrado piauiense contribuíram para que o Piauí alcançasse em 2017 uma safra recorde de mais de dois milhões de toneladas de grãos colhidos. Esse aumento impulsiona a economia do estado

A área cultivada com soja no Piauí passou de 565 mil hectares, em 2015/2016, para mais de 680 mil hectares, neste ano, alta de 21%. Já a produtividade, segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), teve um incremento de um ano para o outro impressionante.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarColheita da soja cresceu em 226%Colheita da soja cresceu em 226%

A Fazenda Progresso localizada na PI-247, no município de Sebastião Leal é um dos empreendimentos que comemoram a boa safra, o grupo que está há 15 anos na região plantou 42 mil hectares de grãos, sendo 37 mil de soja e 5 mil de milho, conseguindo uma colheita equivalente a 400 mil sacas. De acordo com o agrônomo responsável, Rogério Rodrigues, a colheita deste ano superou as expectativas.

“Tivemos dois anos muito ruins, podemos dizer que 2015 foi ruim e que 2016 foi péssimo. No entanto, 2017 atendeu as expectativas, reascendeu a esperanças e principalmente a certeza de que conseguiremos seguir investindo em tecnologia, pois em anos em que a rentabilidade é pouca, os recursos ficam mais escassos para o setor tecnológico”, explicou.

De acordo com o presidente da Associação de Produtores Rurais da Serra Branca, Enéas Bovino, a regularidade das chuvas também ajudou os pequenos produtores que não contam com tanta tecnologia no manejo do solo. “Esse ano acredito que todos têm que comemorar. Passamos por períodos difíceis no qual a safra chegou a ser entre oito e dez sacas por hectare. E esse ano, conseguimos dar a volta por cima e já se fala em 50 sacas por hectare. Precisamos lembrar da persistência e da garra desses homens e mulheres que não se deixaram abater e que segue com essa força que tem o sangue do agricultor”, disse.

O superintendente de Agronegócio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Filemon Paranaguá, ressaltou a política de apoio também aos médios e pequenos produtores. “O governo tem feito ações importantes no sentido proporcionar aos agricultores o acesso ao crédito, por meio da regularização fundiária e também da renegociação de dívidas. Com o acesso ao crédito esses agricultores podem investir no melhoramento do solo e também na compra de maquinários. O Governo também está trabalhando para em parceria recuperar as estradas, o que vai facilitar o escoamento da produção e também baratear a aquisição de insumos” disse.