Piauí

Piauí tem maior oferta de empregos dos últimos quatro anos

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nessa segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho.
GABRIEL SOARES
18/07/2017 10h44 - atualizado

O Piauí encerrou o mês de junho com a criação de 8.500 empregos. Este é o melhor resultado para o mês em quatro anos. O estado registrou 7.788 demissões no período, resultando em um saldo positivo de 712 novos postos de trabalho e um crescimento de 0,25% ao mês de maio.

  • Foto: Agência BrasilCarteira de TrabalhoCarteira de Trabalho

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nessa segunda-feira (17) pelo Ministério do Trabalho. O resultado foi motivado, principalmente, pela expansão dos setores de Serviços (+535), Agropecuária (+340) e Indústria de transformação.

Em 2016, o Piauí registrou no mês de junho 101 novos empregos, resultando em um crescimento equivalente a 705%. O pior resultado foi no ano de 2015, onde o estado registrou uma redução de 879 empregos.

Segundo o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, a geração de empregos mostra que o país está no caminho certo da retomada do crescimento. “Esse resultado confirma, mais uma vez, a tendência de recuperação gradual do mercado de trabalho do Brasil”, disse o ministro.