Polícia

PM de Paulistana efetua a prisão de dois homens dentro de ônibus

Um foi autuado por falsidade ideológica e o outro por porte ilegal de arma de fogo.
GABRIEL SOARES
31/05/2017 09h20 - atualizado

Dois homens identificados como José Virgínio Filho e José Eduardo Mendes foram presos em Paulistana durante a Operação Coruja. A ação ocorreu na madrugada desta quarta-feira (31), quando os suspeitos transitavam em ônibus seguindo para Petrolina. Um foi enquadrado por falsidade ideológica e o outro foi apreendido portando ilegamente um revólver.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarDois homens são presos em Paulista dentro de um ônibus seguindo para Petrolina.Dois homens são presos em Paulista dentro de um ônibus seguindo para Petrolina.

De acordo com informações repassadas pelo 20º Batalhão da Polícia Militar de Paulistana, os oficiais adentraram no ônibus e solicitaram as identificações dos passageiros. José Eduardo apresentou apenas uma Carteira de Reservista, gerando suspeitas dos policiais acerca de sua identidade. Ele disse que o documento apresentado era de um primo seu e teria utilizado a Reservista para comprar a passagem de retorno para Petrolina na Rodoviária de Teresina.

Indagado sobre quem o acompanhava, o suspeito afirmou ser funcionário de seu acompanhante José Virgínio, empresário do ramo agrícola. Dando prosseguimento na abordagem dos suspeitos, foi encontrada uma pistola PT calibre 380 com 11 munições em posse desse acusado.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarPoliciais militares de Paulista prendem homem portando arma de fogo.Policiais militares de Paulista prendem homem portando arma de fogo.

Quando os oficiais perguntaram a finalidade da viagem da dupla a Teresina, José Virgínio disse que ele e o funcionário foram “deixar” um caminhão de placa JMH-7410. Contudo, o serviço de informações do serviço de inteligência do 20º BPM já havia descoberto que o caminhão citado era objeto de roubo na cidade de Casa Nova (BA). O suspeito disse que também deixou o caminhão no bairro Morada do Sol, nas imediações do Condomínio Galdi com as chaves de baixo de um dos pneus traseiros.

Com essas informações a Polícia Militar, o comandante do 20º BPM contatou o Oficial de Operações do COPOM/PMPI em Teresina, que designou uma viatura de área ao local apontado, possibilitando a devida localização e apreensão do caminhão roubado no Estado da Bahia. Os suspeitos, bem como seus pertences (celulares, R$ 212,00 em dinheiro, roupas, etc) foram encaminhados para a 12ª Delegacia Regional da Polícia Civil (DCCP), para a adoção das providências aplicáveis ao caso.

Mais conteúdo sobre: