Polícia

Polícia Civil prende acusado de latrocínio no Promorar

O acusado cometeu o crime com um outro envolvido que se encontra foragido.
GABRIEL SOARES
13/08/2017 11h09 - atualizado

A Delegacia de Homicídios realizou a prisão de um homem identificado como Rodrigo Gomes da Silva, vulgo “Tikin”, na manhã desse sábado (12), no bairro Promorar, zona Sul de Teresina. Ele é acusado de particpar de um latrocínio que vitimou Edvar Pereira da Silva na última quinta-feira (10).

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilHomem é preso no Promorar acusado de cometer latrocínio na última quinta-feira (10) no Parque Piauí.Homem é preso no Promorar acusado de cometer latrocínio na última quinta-feira (10) no Parque Piauí.

Conforme a polícia, crime ocorreu quando o acusado e um outro envolvido identificado como Luís André Evangelista de Santana assaltaram o comercial “Edy Frios”, onde o segundo atirou contra Edvar da Silva. Rodrigo da Silva foi preso em flagrante após a realização de buscas depois do conhecimento do crime. O autor dos disparos se encontra foragido.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilAcusado de latrocínio no Parque Piauí está foragido.Acusado de latrocínio no Parque Piauí está foragido.

Os acusados do latrocínio já respondem criminalmente pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A Delegacia de Homicídios disponibiliza o número 181 para denúncias anônimas que levem a localização do referido acusado.

Mais conteúdo sobre: