Polícia

Polícia Civil prende homem que abusou da enteada deficiente

O crime foi notificado à Delegacia na segunda-feira (11) pelo Conselho Tutelar.
GABRIEL SOARES
13/09/2017 09h03 - atualizado

Policiais civis da Delegacia Regional de Esperantina cumpriram, nessa terça-feira (12), um mandado de prisão preventiva em desfavor de Rogério Lopes Fernandes. Ele é acusado de cometer o crime de estupro de vulnerável contra sua enteada de 12 anos. A vítima possui deficiência intelectual, fazendo acompanhamento psicológico. 

De acordo com informações fornecidas pela Polícia Civil, a delegacia foi informada sobre o crime pelo Conselho Tutelar, na última segunda-feira (11). Na ocasião a prisão preventiva do suspeito foi prontamente representada.

O mandado judicial em desfavor do acusado foi expedido pela juíza Lidiane Batista. O suspeito será encaminhado à penitenciária de Esperantina onde ficará à disposição da justiça local.

Mais conteúdo sobre: