Piauí

Polícia Federal deve entrar em greve nesta quarta-feira no Piauí

A principal reivindicação dos policiais federais é quanto ao dispositivo da PEC que exclui da constituição o artigo que classifica a atividade policial como de risco.
ANA RAQUEL COSTA
04/04/2017 11h37 - atualizado

Nesta quarta-feira (05), policiais federais de todo país agendaram mobilização para discutir estado de greve em protesto à PEC 287/2016 que trata da reforma da previdência. O ato das categorias acontece em frente às Superintendências da Polícia Federal em todo Brasil e envolve todos os cargos da carreira policial federal.

No Piauí, o Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal no Estado do Piauí (SSDPF/PI), também reunirá os servidores da categoria às 10h desta quarta (05). A principal reivindicação dos policiais federais é quanto ao dispositivo da PEC que exclui da constituição o artigo que classifica a atividade policial como de risco.

  • Foto: Street ViewSuperintendência da Polícia Federal no PiauíSuperintendência da Polícia Federal no Piauí

A Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF) acredita que a exclusão do artigo da constituição coloca os policiais na mesma tabela de tempo de contribuição e de idade mínima dos demais trabalhadores, fazendo com que deixem de ter direito à aposentadoria porque muitos morrerão no exercício de seu ofício sem conseguirem se aposentar.

De acordo com o presidente da SSDPF do Piauí, Luiz Alberto Silva, o sindicato cogita seriamente a greve da categoria. “[A greve] é perfeitamente pertinente. Tudo depende do governo. Ou eles passam o tom [de rever o dispositivo] ou nós vamos partir pra cima mesmo ”, disse o presidente em entrevista oa Viagora nesta terça-feira (04). 

A FENAPEF acredita que atividade policial é complexa que exige condições físicas, psicológicas e de regime de trabalho diferenciados, logo a PEC é um retrocesso para a segurança pública.

Mais conteúdo sobre: