Polícia

Polícia Federal faz operação e cumpre mandados no Ceará e Piauí

A Operação Fraternidade busca desarticular grupo que atua no desvio de verbas públicas
JOSEFA GEOVANA
13/09/2017 11h07 - atualizado

Uma nova operação foi deflagrada nesta quarta-feira (13) pela Polícia Federal e a Controladoria Geral da União. Com o nome de Operação Fraternidade, a ação tem o objetivo de desarticular organizações criminosas que atuam no desvio de verbas públicas e em fraudes de licitações ocorridas no Cear, Piauí e outros estados.

Um total de 148 policiais federais dos estados do Ceará e Piauí, além de sete agentes da Controladoria Geral da União foram convocados para atuar no decorrer da operação, que deve cumprir 45 mandados, incluindo 24 buscas e apreensões, 12 conduções coercitivas e 9 prisões temporárias, todos emitidos através da 11ª Vara Federal de Fortaleza. A operação também irá realizar sete mandados de intimação expedidos pela polícia.

  • Foto: Isabela de Meneses/ViagoraSede da Polícia Federal no PiauíSede da Polícia Federal no Piauí

O grupo de criminosos, inicialmente formado por três irmãos utilizava empresas controladas por eles para vencerem licitações, e recebiam de forma discreta, valores exorbitantes do poder público através dessas licitações, nas quais o dinheiro era desviado por conta de superfaturamento, e do não cumprimento dos contratos.

Os envolvidos no esquema irão responder pelos crimes da lei de licitações, corrupção, organização criminosa, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro.

Mais conteúdo sobre: