Polícia

Polícia investiga suposto envenenamento em criança de 11 anos

Menino teria ingerido bombom que ganhou de desconhecido e começou a passar mal.
MARCOS CUNHA
20/04/2017 16h31 - atualizado

Uma criança de 11 anos foi alvo de um suposto envenenamento na zona Leste de Teresina, na última terça-feira (18). O menino teria ingerido um bombom que ganhou de um homem desconhecido, que o teria abordado no momento em que ia para escola. De acordo com a delegada Luana Alves, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), a criança começou a passar mal, com excesso de sono e convulsões, logo após comer o doce.

“Nós colhemos o depoimento da criança, que chegou passando mal na Delegacia, e antes o que ela tinha ingerido era um bombom que um homem teria dado para ela, quando estava indo para escola. Quando foi prestar o depoimento na terça-feira, ele ainda estava sob o efeito do suposto veneno”, repassou a delegada.

O conselheiro Tutelar da região, Djan Moreira, relatou que a criança teria chegado na escola se apoiando pelas paredes, desacordando. “Ele não se segurava em pé, aí a diretora da escola levou para a casa da mãe e depois para o Hospital. Lá ele passou de 10h da manhã até às 5h30 da tarde dormindo, desacordado mesmo, e depois teve alta. Depois fomos para a DPCA, Central de Flagrantes e IML”, repassou.

Durante audiência na manhã desta quinta-feira (20), no Conselho Tutelar, a criança ainda continuava do mesmo jeito, segundo Djan. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, e encaminhou o menor até a UPA do bairro Renascença, onde permanece em observação.

A delegada Luana explicou que foram solicitados exames toxicológicos para detectar se de fato o bombom ingerido pela criança estava envenenado. A Polícia aguarda o resultado para apurar quais circunstâncias culminaram no fato.