Polícia

Polícia Militar prende ciganos acusados de assalto em União

Eles teriam subtraídos diversos pertences, dinheiro e cosméticos da vítima.
GABRIEL SOARES
04/10/2017 08h41 - atualizado

A Polícia Militar de União efetuou a prisão de dois ciganos identificados como Maria da Conceição Pereira e Francisco Geovane Pereira, vulgo Doido Cigano, durante a Operação Nômade. A ação ocorreu na manhã dessa terça-feira (03) entre os municípios de União e Miguel Alves.

Conforme informações fornecidas pelo 16º Batalhão da PM, os agentes receberam informações sobre um assalto ocorrido no Povoado Gabriel, situado as margens da PI-111, na Zona Rural de Teresina.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarCiganos são presos pro roubo em União.Ciganos são presos pro roubo em União.

O crime foi praticado por dois homens e duas mulheres, que invadiram a residência da vítima, usando de grave ameaça. Foram levados dinheiro, inúmeros pertences e alguns cosméticos na propriedade. Após o assalto, os criminosos fugiram em um carro Celta vermelho.

Posteriormente, os policias descobriram que os suspeitos são de origem cigana e que estavam acampados em sítios localizados entre União e Miguel Alves, na PI-112. Assim, o Capitão Migue Luz deflagrou a Operação Nômade, para abordar e realizar buscas pessoais e veiculares nos acampamentos para localizar produtos de furto ou roubo.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarMaterial Apreendido na ação.Material Apreendido na ação.

Ao realizarem incursões nos povoados Malhada da Areia e Morro dos Pires, os agentes conseguiram localizar o dinheiro e parte dos produtos roubados da vítima. Foram encontradas também inúmeras armas brancas, uma arma de fogo (tipo espingarda), vasta munição e o veículo utilizado no assalto.

Reconhecidos pela vítima, os policiais deram voz de prisão a Maria da Conceição Pereira e Doido Cigano. Em seguida, os acusados foram conduzidos para o 20° Distrito Policial em União, para que sejam adotadas as medidas cabíveis.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web