Piauí

Posição de Ciro contra Regina Sousa fere aliança entre PP e PT

O vereador petista Dudu alegou que o partido recebeu a assinatura com decepção, pois Ciro Nogueira é aliado do governo petista a nível estadual.
MARCOS CUNHA
12/07/2017 20h00 - atualizado

O vereador Dudu (PT) não poupou críticas aos posicionamentos dos senadores piauienses Ciro Nogueira (PP) e Elmano Férrer (PMDB) diante da Reforma Trabalhista, muito menos quanto a representação assinada contra a senadora Regina Sousa(PT), pelo protesto nas cadeiras da Casa.

Dudu alegou que o partido recebeu a assinatura com decepção, e que apesar de vivermos em uma democracia, convivendo com opiniões diferentes, o posicionamento de Ciro acaba ferindo a parceria entre o PP e PT, que são aliados aqui no Piauí.

“Nós não podemos conviver do lado só de quem a gente quer, tem que aprender a conviver com os contrários. É obvio que não deixa de arranhar, de deixar fissuras e pensamentos que vão estar dentro do partido sempre batendo nessa tecla, não é fácil a gente viver em harmonia com quem está sendo algoz do povo e com o nosso partido”, declarou.

  • Foto: Divulgação/CCOMCiro e WellingtonCiro e Wellington

O caso

Ciro Nogueira e Elmano foram um dos 14 senadores que assinaram o pedido de abertura de um procedimento disciplinar no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, protocolado pelo senador José Medeiros (PSD-MT), após várias senadoras ocuparem as cadeiras da Mesa Diretora do Senado, numa tentativa de barrar a votação da Reforma Trabalhista, que foi aprovada mais tarde com 50 votos a favor. Não houveram mudanças no texto, que segue para sanção presidencial.