Política

Prefeito Dióstenes vira réu em ação penal na Justiça Estadual

A 1ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí decidiu, nessa segunda-feira (24), receber a denúncia oferecida contra o gestor.
RAYANE TRAJANO
25/07/2017 07h40 - atualizado

O prefeito municipal de Avelino Lopes, Dióstenes José Alves, se tornou réu em ação penal na Justiça Estadual. A 1ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí decidiu, nessa segunda-feira (24), receber a denúncia oferecida contra o gestor por crime de responsabilidade.

De acordo com a representação do Ministério Público do Estado, o prefeito Dióstenes ultrapassou o limite legal para abertura de créditos adicionais, sem autorização do legislativo municipal, desrespeitando o Decreto-Lei 201/67.  

  • Foto: Facebook/Élmano FérrerPrefeito de Avelino Lopes Dióstenes JoséPrefeito de Avelino Lopes Dióstenes José

A decisão pelo recebimento da denúncia foi unânime entre os desembargadores da 1ª Câmara. “Conquanto o acusado alegue que ultrapassou o limite legal para abertura de créditos adicionais em virtude de um excesso de arrecadação, certo é que o tipo penal não leva em consideração apenas a existência de dinheiro em caixa mas, principalmente, a autorização legislativa, condição esta que não fora observada”, explica o acórdão.

O relator do caso é o desembargador José Francisco do Nascimento.

Mais conteúdo sobre: