Piauí

Prefeito Jailson Pio é denunciado por contratos ilegais de R$ 800 mil

Os vereadores que fizeram a denúncia pedem que o conselheiro determine a suspensão imediata dos contratos.
RAYANE TRAJANO
24/07/2017 07h41 - atualizado

O prefeito de São Félix do Piauí, Jailson Pio, foi denunciado ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), acusado de ilegalidades em dois contratos para aquisição de combustíveis, que somam mais de R$ 800 mil. A denúncia foi feita por cinco vereadores, na quinta-feira (20).

A previsão de gastos para aquisição de combustíveis e derivados de petróleo para o ano 2017 é de R$ 831.820,00 (oitocentos e trinta e um mil e oitocentos e vinte reais), que foram divididos em dois procedimentos licitatórios: um com o posto São Félix (R$ 733.780,00) e outro com Posto Teresina (R$ 98.040,00).

  • Foto: Facebook/Jailson PioJailson PioJailson Pio

O prefeito poderia alegar que era inexigível a licitação, se existisse apenas um posto de gasolina, porém, como alegam os vereadores, foi realizado um procedimento licitatório junto ao Posto Teresina, posto este localizado na capital, através de dispensa de licitação.

Os vereadores afirmam ainda que o valor previsto para aquisição de combustíveis é exagerada, “levando em consideração que o município possui pequena extensão territorial, e que necessitariam incontáveis para justificar tamanha previsão para consumo de combustível”.

Com os indícios apontados, os vereadores pedem que o conselheiro determine a suspensão imediata dos contratos. O relator do caso é o conselheiro Substituto Delano Câmara.

Outro lado

O Viagora não conseguiu localizar o prefeito Jailson Pio para comentar o caso denunciado. O espaço está aberto para esclarecimentos.