Piauí

Prefeito Robertinho denuncia ex-prefeito interino ao TCE-PI

Robertinho foi eleito no dia 07 de agosto de 2017, em eleição suplementar, devido à cassação do prefeito Joel de Lima e seu vice.
RAYANE TRAJANO
14/08/2017 19h51 - atualizado

  • Foto: Divulgação/Roberto LeãoRobertinhoRobertinho

Um dia antes de ser eleito prefeito de Miguel Leão, Robertinho (PR) denunciou o então prefeito interino Antônio José de Abreu, ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).  

Robertinho foi eleito no dia 07 de agosto de 2017, em eleição suplementar, devido à cassação do prefeito Joel de Lima, seu vice e do presidente da Câmara de Vereadores.

Na denúncia feita ao TCE, Robertinho relatou que o prefeito interino não realizou o pagamento do salário dos servidores na data correta. “É fato público e notório no Município de Miguel Leão/PI, inclusive com notícias veiculadas pela imprensa, que a Prefeita Municipal não vem pagando pontualmente o salário dos servidores públicos, os quais, vem suportando inúmeros prejuízos, conforme documentação em anexo, há mais de 01 (um) mês os servidores estão sem receber seus vencimentos”, diz a representação.

De acordo com ele, o prefeito interino não esclareceu o motivo do atraso, apenas atribuiu a inadimplência à diminuição de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Robertinho pediu que o conselheiro Delano Carneiro Câmara concedesse medida cautelar para bloquear verbas do FPM e do Fundo de Manutenção da Educação Básica (Fundef), “para o fim de assegurar o pagamento dos servidores, expedindo-se os necessários ofícios para tanto”.

Dois dias após a eleição, o conselheiro Delano Câmara mandou notificar o ex-prefeito interino Antônio José de Abreu para que apresentasse esclarecimentos sobre o caso.

Outro lado 

O Viagora não conseguiu contato com o Antônio José de Abreu para comentar a acusação. O espaço está aberto para esclarecimentos.