Piauí

Prefeito Zé Medeiros é acusado de fazer Carnaval com verba do Fundeb

Na denúncia feita ao Tribunal de Contas foram anexados extratos da conta bancária que comprovam o uso ilegal dos recursos do Fundeb.
ISABELA DE MENESES
13/07/2017 14h29 - atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) recebeu uma denúncia feita pelos vereadores do município de Manoel Emídio, que acusam o prefeito José Medeiro de desviar dinheiro do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), para realizar a festa de Carnaval da cidade este ano. A denúncia é do dia 05 de julho de 2017.

Na denúncia estão anexados extratos da conta bancária do Fundeb que demonstram a retirada de R$ 63.249,99, que foram transferidos para a conta de livre movimentação do município e no dia seguinte, o valor de R$ 70 mil foi transferido para a conta de Cleiton da Silva Santos, o ganhador do pregão para organização da festa de Carnaval da cidade.

  • Foto: DivulgaçãoZé Medeiros na abertura do Carnaval 2017, ao lado da prefeita de Colônia do GurguéiaZé Medeiros na abertura do Carnaval 2017, ao lado da prefeita de Colônia do Gurguéia

As transferências aconteceram no mês de fevereiro deste ano e chamaram atenção dos vereados, José Custódio de Lima, João Pires de Almeida, Orlando Almeida de Araújo, Evelend José de Sousa e Maria Oneide Cardoso da Silva, que resolverem entrar com o pedido de aceitação de denúncia no TCE.

O relator da denúncia, conselheiro Jaylson Fabianh Lopes Campelo, determinou na última quarta-feira (12), um prazo de 15 dias para o prefeito José Medeiros apresentar defesa e os documentos que considerar necessários. O prazo estabelecido não é prorrogável.  

Outro lado

O Viagora tentou entrar em contato com o prefeito José Medeiros por meio do telefone da prefeitura de Manoel Emídio, sem sucesso. O espaço permanece aberto para futuros esclarecimentos do gestor.