Piauí

Prefeituras do Piauí já somam R$ 30,9 milhões em dívidas com a Eletrobras

Os prefeitos de 170 municípios têm até o dia 22 de março para negociar as dívidas.
MARCOS CUNHA
20/03/2017 19h02 - atualizado

Um levantamento realizado pela gerência de Atendimento aos Grandes Consumidores e Poder Público da Eletrobras apontou que o débito de prefeituras do Piauí já totalizavam R$ 30,9 milhões, até o início das negociações. A dívida é proveniente de 170 prefeituras do estado.

Os gestores dos municípios têm até a próxima quarta-feira (22), para regularizar as pendências com faturas de energia elétrica. A partir dessa data, a prefeitura que não negociou poderá sofrer ação de suspensão do fornecimento por inadimplência.

 A campanha de negociação prevê parcelamento dos débitos no limite máximo de 180 meses. O valor da parcela é definido pelo Sistema de Gestão Comercial, de modo a não ultrapassar 30% da última fatura de consumo regular do agrupamento do município.

  • Foto: Street ViewEletrobrasEletrobras

Até esta segunda-feira (20), apenas 61 prefeitos procuraram o atendimento e cerca de 50% da dívida do segmento público municipal já foi negociada. 

Em 2016, a Eletrobras Distribuição Piauí realizou 1.456 suspensões do fornecimento de energia elétrica em prédios de órgãos públicos municipais em todo o Estado. Prédios onde funcionam serviços essenciais, como saúde e educação, não são prejudicados.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web