Piauí

PRF diz que não tem recursos para intervenção na BR 135

PRF informou que não há disponibilidade nem de recurso nem de pessoal.
28/06/2017 10h35

Deputados e senadores da Bancada Federal do Piauí estiveram reunidos, na noite desta terça-feira (27), com o Diretor-Geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Borges, para tratar da necessidade de uma verba emergencial para solucionar pontos críticos da BR 135, que corta a região sul do estado do Piauí, onde tem ocorrido acidentes graves.

Ao responder a demanda da bancada, a PRF informou que não há disponibilidade nem de recurso nem de pessoal para atender ao pleito. O Diretor-Geral apresentou um laudo sobre a rodovia no qual admite a necessidade de maior fiscalização e sinalização, além de obras estruturais, mas informou que o contingenciamento de recursos, a falta de concurso público e a possibilidade de um grande número de policiais se aposentarem após o governo ter enviado a Reforma da Previdência dificultam novas ações.

  • Foto: DivulgaçãoBancada piauiense em reunião com diretor da PRFBancada piauiense em reunião com diretor da PRF

O deputado federal Assis Carvalho (PT/PI) participou da reunião e ressaltou a necessidade de uma solução emergencial. "O que vemos hoje é um governo que não tem a menor responsabilidade com a vida humana. Entendo que temos projetos de médio e longo prazo, mas o que queremos saber é o que a PRF pode fazer em caráter emergencial, precisamos de uma ação imediata para reduzir o número de mortes e acidentes graves na BR 135", lamentou.

Também acompanharam a reunião o senador Ciro Nogueira (PP), os deputados federais Átila Lira(PSB), Iracema Portela(PP) e Marcelo Castro(PMDB).

Mais conteúdo sobre: