Piauí

Procurador investiga fraude trabalhista em Colônia do Gurguéia

A portaria que autorizou a abertura da investigação foi assinada dia 27 de abril pelo Procurador Edno Carvalho Moura.
RAYANE TRAJANO
30/04/2017 08h09 - atualizado

O Ministério Público do Trabalho, através do Procurador Edno Carvalho Moura, abriu inquérito civil contra o município de Colônia do Gurguéia, gerido pela prefeita Doquinha (PT). A portaria que autorizou a abertura da investigação foi assinada dia 27 de abril.

O inquérito foi instaurado levando em conta a denúncia de que o município de Colônia do Gurguéia viola a legislação justrabalhista ao não fornecer equipamentos de proteção individual adequados, nem condições sanitárias e de conforto no local de trabalho aos servidores.

A denúncia foi protocolada na Procuradoria Regional do Trabalho na 22ª Região. Assim, o procurador, considerando que as irregularidades relatadas, se verídicas, têm repercussão coletiva e envolve interesses transindividuais de trabalhadores, decidiu investigar o caso.

Outro lado

O Viagora não conseguiu entrar em contato com a prefeita Doquinha para esclarecer o caso. O espaço permanece disponível.