Piauí

Projeto que concede CNH gratuita pode voltar a funcionar em Teresina

O baixo índice de conclusão das aulas por estudantes selecionados foi o motivo da suspensão.
VITOR FERNANDES
11/07/2017 08h50 - atualizado

O projeto “Minha Primeira Carteira”, que aconteceu em 2014 mas que não teve continuidade, pode voltar a funcionar em Teresina. O prefeito da capital, Firmino Filho, esteve reunido na última sexta-feira (7) com alguns vereadores no Palácio da Cidade para conversar sobre o assunto.

Firmino Filho lamentou o baixo índice de conclusão das aulas por estudantes selecionados na última edição. “Quando o programa funcionava, de 50 carteiras que a prefeitura disponibiliza, por exemplo, apenas 16 pessoas concluíam as aulas. Temos que selecionar quem realmente quer participar. Para isso funcionar, tem que haver uma boa filtragem”, sugere o prefeito.

Essa foi, inclusive, a justificativa para que o programa que dava oportunidade aos jovens carentes, acabasse. Firmino afirmou que o número de pessoas que abandonaram o projeto foi muito grande.

O vereador Venâncio Cardoso disse que os jovens tinham maiores chances de entrar no mercado de trabalho. “Acredito que esse projeto é muito importante, pois muitos jovens em idade de dirigir deixam de arrumar trabalho porque, muitas vezes, a própria empresa exige esse tipo de habilidade dos candidatos a uma vaga. Já existe um projeto municipal, mas infelizmente não foi para frente da forma como estava sendo conduzido”.

Estiveram na reunião o vereador Venâncio Cardoso (PP), Enzo Samuel (PC do B), R. Silva (PP), Gustavo de Carvalho (PEN), Neto do Angelim (PSDC), Marquim Monteiro (PRTB) e o superintendente da SDU Sudeste, Evandro Hidd.

Mais conteúdo sobre: