Piauí

Promotor investiga irregularidades nos serviços do SUS em Valença

As supostas irregularidade são na marcação de consultas, e exames, ou demora excessiva, por parte do Sistema de Regulação do SUS.
ISABELA DE MENESES
11/09/2017 18h30 - atualizado

O promotor de Justiça Sinobilino Pinheiro da Silva Júnior, do Ministério Público do Estado (MP-PI), instaurou inquérito civil, no dia 05 de setembro deste ano, para apurar fatos noticiados a respeito de problemas na marcação de consulta e exames pelo Sistema Único de Saúde (Sus) no município de Valença.

Para instaurar o procedimento, o promotor levou em consideração, que as demandas encaminhadas tratam da irregularidade na marcação de consultas, e exames, ou demora excessiva, por parte do Sistema de Regulação do SUS.

  • Foto: Divulgação/MPMinistério Público do Estado do Piauí (MP-PI)Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI)

Além disso, também considerou, a grande procura da população do município junto ao Ministério Público, para pedir providência a respeito da precariedade do serviço público municipal que está sendo oferecido na cidade.

Por isso, o promotor decidiu instaurar o inquérito civil, para investigar as causas dos problemas relatados pela população. Assim o secretário municipal de saúde de Valença deve comparecer à audiência marcada pelo MP, na próxima quarta-feira (13), que vai tratar dos fatos reclamados.