Polícia

Quatro são presos por estelionato dentro do Bradesco em Teresina

Duas mulheres foram presas por volta de 10:30 da manhã. Uma delas era a idosa Saravá da Conceição, de 90 anos.
ISABELA DE MENESES
06/07/2017 09h27 - atualizado

Nessa quarta-feira (05), quatro pessoas foram presas ao tentar sacar benefícios de aposentadoria com documentos falsificados de idosos do Maranhão, na agência bancária do Bradesco, localizada na Av. Barão de Gurguéia, zona sul de Teresina.

Segundo o chefe de investigações do 6º Distrito Policial, Joattan Gonçalves, duas mulheres foram presas por volta de 10h30 da manhã. Uma delas era a idosa Saravá da Conceição, de 90 anos, que estava sendo conduzida por Francisca de Sousa.

“A mais nova tinha o intuito de levar a idosa para fazer o saque, com documentos falsos, que não eram no nome da idosa. Eles falsificam a identidade, colocam a foto da pessoa que está lá indo sacar, mas ela não é a pessoa dona do benefício”.Joattan ainda explicou que Francisca contou que receberia R$ 1.000,00 pela ação e que outros idosos vieram da cidade de Caxias no Maranhão para fazer parte desse esquema.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilMulheres presas por estelionato em TeresinaMulheres presas por estelionato em Teresina

O chefe de investigações disse ainda que encaminhou as mulheres à Central de Flagrantes, para autuar o flagrante por falsificação de documento, falsidade ideológica e estelionato, mas antes mesmo de sair do local recebeu outro chamado do gerente do Bradesco, sobre uma nova tentativa de saque com documentos falsos.

“Eu recebi outra ligação do gerente do banco dizendo que existia outra quadrilha dentro do banco, tentando fazer outro saque. A gente retornou ao banco, dessa vez para efetuar a prisão de dois homens. Um rapaz mais jovem e um senhor de 74 anos, no mesmo esquema”, contou Joattan.

Ano passado a Polícia Civil do Piauí também efetuou oito prisões de pessoas que integravam uma quadrilha, que realizava o mesmo tipo de golpe que essas pessoas que foram presas em Teresina ontem.

Segundo o Joattan Gonçalves as pessoas presas nessa terça-feira fazem parte também de uma quadrilha, mas infelizmente não foi possível localizar os outros integrantes, pois como ficam escondidos próximos a agência, perceberam a ação da polícia no local e fugiram.

Mais conteúdo sobre: