Política

Regina Sousa ocupa mesa diretora do Senado e impede sessão

O presidente do Senado Federal chegou por volta do meio-dia no Senado e viu sua cadeira ocupada.
VITOR FERNANDES
11/07/2017 13h11 - atualizado

  • Foto: Ascom/Senado FederalSenadora Regina Sousa (PT-PI)Senadora Regina Sousa (PT-PI)

Regina Sousa (PT-PI) foi uma das senadoras que impediram o início do debate sobre a Reforma Trabalhista nesta terça-feira (11). Junto com as senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN), ocuparam a mesa diretora onde se senta o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que suspendeu o andamento da sessão.

As senadoras sentaram-se à mesa por volta das 11h da manhã de hoje. Quando o presidente da Casa chegou por volta do meio-dia, Fátima Bezerra o impediu de se sentar.

A votação da Reforma Trabalhista é aberta e nominal. Seu texto foi aprovado em abril na Câmara dos Deputados e agora se for aprovado no Senado sem alterações, seguirá para o Presidente, Michel Temer.