Geral

Reunião discute tratamento de crianças com microcefalia no Piauí

A reunião ocorreu nesta sexta-feira (09), em Pernambuco.
JOSEFA GEOVANA
12/06/2017 17h26 - atualizado

Durante uma reunião realizada pelos secretários de Saúde do Nordeste na sexta-feira (09) em Pernambuco, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Secretários Municipais de Saúde e Ministério da Saúde, compartilharam experiências na assistência à criança com microcefalia.

  • Foto: Secretaria do Estado da Saúde do Piauí.Reunião realizada pelos secretários de Saúde do NordesteReunião realizada pelos secretários de Saúde do Nordeste

Em Teresina, na maternidade Dona Evangelina Rosa, após implantação do Centro de Referência em Microcefalia, foram identificados 1.300 atendimentos, entre consultas e exames. Após a assistência realizada pela equipe da maternidade, se for comprovado que a criança possui microcefalia, ela é encaminhada para o CEIR, onde é acompanhada para estimulação precoce, em áreas como fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapia ocupacional, nutricionista. 

"Aqui, vamos construir um documento para entregar ao Ministério da Saúde e a cada três meses vamos a um Estado para monitorar essas ações e cobrar os resultados. Essa é uma reunião pioneira que busca experiências exitosas e que estão dando certo, ao mesmo tempo que a gente faz uma cobrança da resolução dos problemas”, ressaltou o secretário de Pernambuco, Iran Costa.

Jurandir Frutuoso, secretário executivo do Conass, elogiou as experiências que foram apresentadas durante a reunião, e sugeriu que todos os casos sejam disponibilizados aos demais gestores estaduais que não se encontravam na reunião. "Os relatos são impressionantes, de experiências que trouxeram resultados que devem ser compartilhados aos demais estados", afirmou.

Mais conteúdo sobre: