Piauí

Rios Poti e Parnaíba serão monitorados pela SOS Mata Atlântica

O intuito é intensificar e ampliar o trabalho realizado pela ONG no resgate dos rios.
ISABELA DE MENESES
05/04/2017 16h07 - atualizado

Os rios Poti e Parnaíba terão suas águas monitoradas por grupos voluntários, através de uma iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica, que estará em Teresina nos próximos três dias, 06, 07 e 08, para apresentar o projeto “Observando os Rios”.  O objetivo é incentivar a população a criar equipes voluntárias de monitoramento da qualidade da água dos rios da cidade. Na próxima quinta-feira (06), a ideia será apresentada no auditório da Central de Artesanato Mestre Dezinho (Praça Pedro II).

No evento os participantes serão apresentados a metodologia, os dados e também serão convidados a integrar o projeto, com a formação os grupos para realizar o trabalho. Já a segunda etapa, que acontecerá em maio, os voluntários passarão por uma capacitação, onde serão entregues kits para dar início a coleta e análise mensal da água dos rios.

                                                  Foto: Reprodução/GoogleMapsRio Poti em Teresina.  Rio Poti em Teresina.

Para Malu Ribeiro, especialista em recursos hídricos da Fundação SOS Mata Atlântica, a importância da participação da sociedade na iniciativa, que permite intensificar e ampliar o trabalho realizado pela ONG no resgate dos rios, córregos e nascentes do país. “A formação de uma rede de cidadãos para monitorar a qualidade da água dos rios brasileiros é um instrumento de engajamento e mobilização por avanços no saneamento”, acredita.

A iniciativa conta com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), que está mobilizando os cidadãos, organizações sociais e comunidades acadêmicas de instituições que possuem áreas de estudo ligadas ao meio ambiente.

Mais conteúdo sobre: