Piauí

Semar apreende madeira ilegal avaliada em R$ 50 mil em Curimatá

Além da madeira aroeira, foram apreendidas quatro armas de fogo e uma motosserra que realizava o corte ilegal da madeira.
VITOR FERNANDES
21/08/2017 15h32 - atualizado

  • Foto: CComA carga apreendida tem um valor mínimo estimado de R$ 50 mil.A carga apreendida tem um valor mínimo estimado de R$ 50 mil.

Um caminhão que transportava 30 m³ de madeira de forma ilegal foi apreendido em Curimatá através de uma parceria entre a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) e a Polícia Civil da cidade.

A carga possui valor mínimo de R$ 50 mil e seguia em direção a uma cidade de Minas Gerais. A ação faz parte da “Operação Aroeira”, iniciada em 2013.

Além da madeira aroeira, foram apreendidas quatro armas de fogo e uma motosserra que realizava o corte ilegal da madeira. 

“O motorista do veículo foi autuado e levado para a delegacia, onde foram realizados os procedimentos. A multa aplicada foi de R$ 10 mil e a madeira doada para a Diocese da cidade de Bom Jesus”, explicou o gerente de Fiscalização da Semar, Renato Nogueira, que coordena a operação.

A Semar realizou no último fim de semana, no sul do estado, mais uma etapa dessa operação que teve como objetivo coibir o transporte interestadual de madeira.

A ação, realizada em parceria com o Batalhão Ambiental da Polícia Militar, teve como alvo os municípios de Júlio Borges, Curimatá e Morro Cabeça no Tempo.