Piauí

Shows do Cidade Junina custaram quase R$ 700 mil aos cofres públicos

O contrato foi assinado mais de um mês depois do início do evento e divulgado quase dois meses da realização da festividade.
VITOR FERNANDES
09/08/2017 17h02 - atualizado

As atrações musicais da 23ª edição do Cidade Junina que aconteceu do dia 10 ao dia 17 de junho no shopping Rio Poty custaram R$ 695 mil ao cofres públicos.

O secretário de Cultura, Fábio Novo, celebrou o contrato de nª 173/2017 contratando a Sat System Empresarial LTDA. Os dados da contratação foram divulgados no Diário Oficial do Estado do dia 04 de agosto, quase dois meses depois da realização do evento.

  • Foto: DivulgaçãoAlgumas das atrações musicais do Cidade Junina 2017.Algumas das atrações musicais do Cidade Junina 2017.

Os recursos liberados para as apresentações vieram de emendas parlamentares dos deputados Zé Santana, Francis Lopes, Dr. Pessoa, Pablo Santos, Luciano Nunes, Severo Eulálio e Wilson Brandão.

De acordo com o Diário Oficial, o contrato foi assinado no dia 12 de julho, ou seja, foi assinado mais de um mês depois do início do evento.

Segundo o site do Cidade Junina, no evento aconteceram mais de 70 atrações artísticas e culturais. Essa festividade é uma realização do Portal ClubeSat e Fundação Valter Alencar.