Política

STF deve liberar delações dos donos da JBS nesta sexta-feira (19)

As delações foram homologadas e ontem (18), o ministro Edson Fachin retirou o sigilo dos depoimentos.
RAYANE TRAJANO
19/05/2017 08h00

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve divulgar nesta sexta-feira (19), o conteúdo das delações do s Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, no âmbito da Operação Lava Jato.

As delações foram homologadas e ontem (18), o ministro Edson Fachin retirou o sigilo dos depoimentos. Ainda ontem, foi divulgado o áudio da conversa entre Joesley Batista e o presidente Michel Temer, onde o empresário conta que estava pagando uma “mesada” para que o deputado cassado Eduardo Cunha ficasse calado.

  • Foto: Marcelo Camargo/ Agência BrasilLuiz Edson FachinLuiz Edson Fachin

Na noite da quarta-feira (17), após publicação de que havia um áudio onde Temer apoiava a compra do silêncio de Cunha, houve protestos no Congresso Nacional e as sessões foram canceladas.

Na manhã de ontem (18), o ministro relator da Lava Jato, Edson Fachin, autorizou a abertura de inquérito para investigar o caso. No final da tarde, o presidente se pronunciou oficialmente e disse que não vai renunciar ao cargo, negou consentimento em relação à compra do silêncio de Cunha e pediu que o Supremo julgue o caso no celeridade.