Polícia

Suspeito de divulgar prova do concurso da PM do Piauí é preso

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, além da prisão, foi cumprido um mandado de condução coercitivas e outros 5 mandados de busca e apreensão.
RAYANE TRAJANO
07/07/2017 07h18 - atualizado

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu, na manhã desta sexta-feira (07), a pessoa que foi a primeira a ter acesso à prova de Português  do concurso da Polícia Militar, aplicada em maio deste ano.

  • De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, além da prisão, foi cumprido um mandado de condução coercitivas e outros 5 mandados de busca e apreensão. O objetivo era apreender e arrecadar mais provas sobre o caso.

Delegado Kleydson Ferreira, que é responsável pelo inquérito no Greco, informou que a pessoa presa hoje foi quem divulgou a prova de português. A pessoa que foi conduzida coercitivamente também pode estar envolvida com a fraude

  • Foto: Isabela de Meneses/ViagoraDelegado do Greco Kleydson FerreiraDelegado do Greco Kleydson Ferreira

“Com o trabalho que fizemos de investigação e a partir das prisões no dia da primeira prova do concurso, identificamos a pessoa que foi responsável, foi a primeira pessoa que teve acesso à prova de Português e que fez a divulgação da mesma a outros candidatos do certame”, disse o delegado.

O delegado Kleydson ressaltou ainda que informações sobre o gabarito da prova do próximo domingo, que estão sendo compartilhadas nas redes sociais, são falsas.

“Não há comprovação de que esse gabarito divulgado essa semana, tenha relação com a prova do domingo, até porque essas provas ainda não chegaram aqui no Piauí”.

O nome do preso deve ser divulgado pelo Greco, ainda na manhã de hoje (07).

Mais conteúdo sobre: