Polícia

Suspeito de envolvimento na morte de advogado é preso em Teresina

A polícia informou que o acusado já foi preso no ano de 2005 pela prática de homicídio.
RAYANE TRAJANO
04/10/2017 08h03

A Polícia Civil prendeu, ontem (03), mais um envolvido no latrocínio que vitimou o advogado Ozires de Castro Machado ocorrido em 11 de setembro deste ano. A prisão foi feita por equipe comandada pelo delegado Danúbio Dias, da Delegacia de Homicídios de Teresina.

A prisão de José Rodrigues Oliveira Neto, vulgo “Palito”, ocorreu através de mandado de prisão preventiva.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilJosé Rodrigues Oliveira NetoJosé Rodrigues Oliveira Neto

A investigação da Polícia Civil apontou que José Rodrigues foi o responsável pela logística do crime, sendo responsável por deixar os autores do crime em locais para prática de roubos. Ele deu todo o suporte os crimes e fuga do local.

Além disso, a polícia informou que o acusado já foi preso no ano de 2005 pela prática de homicídio ocorrido no Parque São Jorge, zona sul de Teresina

O crime

O advogado Ozires de Castro Machado Neto foi baleado na noite do dia 11 de setembro, na porta de casa, no bairro Saci, zona Sul de Teresina. Ele foi socorrido e internado em estado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde morreu horas depois.

  • Foto: Reprodução/FacebookOzires de Castro Machado Neto.Ozires de Castro Machado Neto.

Dois criminosos participaram diretamente da abordagem ao advogado. Os bandidos fugiram em uma motocicleta, mas logo em seguida a abandonaram e seguiram em um carro vermelho, que era conduzido por José Rodrigues.

Três dias depois, o autor dos disparos Fancinaldo dos Santos foi preso e confessou o crime.