Piauí

Suspeitos de assalto à Servi-San são presos durante Operação Tríade

As ações policiais estão sendo realizadas concomitantemente em Teresina, São Luís e no estado de São Paulo.
RAYANE TRAJANO
31/03/2017 10h30 - atualizado

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), desencadeou na tarde dessa quinta-feira (30), a Operação Tríade Paulista, visando desbaratar organizações criminosas que realizaram sequestros e assaltos a bancos. As diligências seguem até a manhã de hoje (31), entre os presos estão envolvidos no assalto milionário à Servi-San

Até as 10h, já se encontram presas 15 pessoas, nos estados do Piauí, Maranhão e São Paulo. De acordo com a Secretaria de Segurança, além dos envolvidos no sequestro, que culminou com a subtração de um montante milionário da empresa de transporte de valores Servisan, também houve mandados de suspeitos do roubo qualificado contra o terminal de auto atendimento do Banco do Brasil, localizado na Procuradoria Geral do Estado, e furto qualificado, contra os terminais de auto atendimento do Banco do Brasil, localizados no aeroporto de Teresina Petrônio Portela.

As ações policiais estão sendo realizadas concomitantemente  em Teresina, São Luís, São Paulo, São José dos Campos, Cotia-SP, Taboão da Serra -SP e Jacarei-SP.