Piauí

TCE determina que o prefeito Quirino afaste parentes da prefeitura

A denúncia foi feita por dois vereadores do município, noticiando que o prefeito nomeou vários de seus familiares e do vice-prefeito.
ISABELA DE MENESES
21/07/2017 19h25 - atualizado

O Conselheiro-Substituto Alisson Felipe de Araújo, do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), concedeu medida cautelar de afastamento de parentes consanguíneos do prefeito, Quirino de Alencar Avelino, e o vice-prefeito, Patrice Teixeira Leitão, do município de Itaueira do Piauí. A decisão é do dia 18 de julho deste ano. 

A denúncia foi feita por dois vereadores do município, Osmundo de Moraes Andrade e Adalto de Sousa Rodrigues. Os parlamentares noticiaram “supostas irregularidades na nomeação de parentes consanguíneos dos gestores,para exercer cargos em comissão no município, o que caracterizaria desvio de finalidade afrontando os princípios basilares da administração pública e configurando Nepotismo”.

  • Foto: Gustavo AlmeidaPrefeito Quirino de AlencarPrefeito Quirino de Alencar

O prefeito Quirino foi notificado pelo TCE, mas não apresentou defesa ou documentos que anulassem as acusações, por isto o TCE decidiu que os funcionários citados na denúncia devem ser afastados do cargo cautelarmente, até que o Tribunal analise as provas. Os gestores serão informados a respeito da decisão e devem se manifestar após a notificação.

Nomeados

Os denunciantes relatam que o prefeito nomeou a filha, Wanda de França Avelino, Secretária de Finanças do município; a esposa, Maria de França Avelino, Secretária de Educação; o filho, Quirino Avelino Neto, Secretário de Administração; a sobrinha, Veronica Lima Avelino, Secretária de Bem-Estar Social; e o sobrinho, Renato Avelino Lima, Diretor do hospital.

Além destes, nomeou ainda, Avelar Teixeira Leitão, chefe de gabinete, irmão do vice-prefeito; Péricles Saraiva Leitão, Secretário de Agricultura, primo do vice-prefeito; e Juarez Soares Leitão, assessor de gabinete do prefeito, primo do vice-prefeito.

Outro lado

O Viagora entrou em contato com o prefeito Quirino de Alencar na manhã desta sexta-feira (21). O gestor contou que soube da decisão do Tribunal de Contas hoje e está preparando sua defesa.