Piauí

Temer confirma que usou jatinho mas não sabia que era de Joesley

O presidente viajou com a família para a Bahia usando a aeronave e não pagou pelo serviço.
MARCOS CUNHA
07/06/2017 15h10

Nesta quarta-feira (07), o presidente Michel Temer, através da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, confirmou que utilizou um avião particular para levar a família de São Paulo a Comandatuba, na Bahia, em janeiro de 2011. De acordo com a nota, Temer não pagou pelo serviço e não sabia que o avião pertencia a Joesley Batista, dono da JBS.

O caso aconteceu quando Temer ainda era vice-presidente de Dilma Rousseff. O diário de bordo foi entregue aos investigadores numa tentativa de comprovar a proximidade de Temer com Joesley.

A informação inicial foi repassada pelo site O Antagonista, que acrescentou que na recepção ao casal, Marcela ganhou um buquê de flores enviado por Joesley, e que a atitude teria feito Temer ficar com ciúmes.

Ainda segundo o site, Temer utilizou o jatinho particular mais de uma vez, indo também a cidade de Porto Alegre com o Learjet de Joesley. O registro do diário de bordo do jatinho será incluído nas investigações que começaram a partir da delação da JBS.

Confira a nota de Secretaria de Comunicação Social da Presidência:

  • Foto: DivulgaçãoNota confirmou que Temer usou jatinho de Joesley em 2011Nota confirmou que Temer usou jatinho de Joesley em 2011